domingo, 5 de outubro de 2008

Local da Intervenção



O local escolhido para a intervenção foi a área ao lado da sala de plástica. A luz está represtada pelos canos azuis com raios de sol; a parede está um pouco mofada e suja. Este local também é usado para colocar objetos como vassouras.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Conversando sobre o objeto do colega!

Foi pedido para que nos juntássemos em duplas e criticássemos e opinássemos sobre o objeto do colega. Minha dupla foi a Talitha, o objeto dela era muito interessante, gostei tanto que queria um para mim. Era um espelho repleto de luzes, em que o usuário determinava em qual região do rosto ele gostaria de ver com maior nitidez, e as luzes dessa região ascenderiam. Além disso, esse espelho possuía um artifício de que ele abria para os lados, e o usuário via não somente a frente de seu rosto, mas as laterais também, sem contar que em sua região superior existiam pequenos espelhos e lentes com arames moldáveis que o usuário poderia aproximar de seu rosto. A idéia da lente é muito boa, porém a Talitha não sabia se ela realmente funcionava, era um caso a ser mais estudado. Possuía também luzes coloridas com o intuito de cromoterapia, acho a idéia um pouco vaga, porém a Talitha programou tudo para ser usado apenas quando da vontade do usuário, todos os comandos do objeto deixam o usuário livre para decidir o que ele deseja fazer, isso é mto bom na minha opinião.

Maquete do meu objeto interativo - Luminária interativa



Meu objeto interativo era uma luminária. Ela seria móvel, pois na sua base teria um carrinho de controle remoto, com isso eu poderia guiá-la para qualquer lugar, além disso, sua luz seria articulada, na sua ponta teria uma lanterna que focaria no ponto em que eu desejasse. O objetivo dessa luminária interativa era clarear minha prancheta quando eu a estivesse utilizando, pois a luz do meu quarto não atende as minhas necessidades, além disso, seria utilizada para os momentos em que eu desejasse ler na cama antes de dormir, e mais uma utilidade um pouco inusitada é que se um dia acabasse a luz da casa, a luminária me guiaria por onde eu quisesse sem correr o risco de eu esbarrar em algum lugar. Em seu redor, existiriam bolsos para que eu pudesse guardar objetos como lápis, canetas e réguas.

domingo, 28 de setembro de 2008

Vídeo do ''Imersão do emergindo''

video

Sensação Gin-ryo - Imersão do emergindo

A sensação que tive ao ver esse trabalho, foi praticamente a mesma do título, um sensação de ida e volta, abaixo se encontra a explicação desse trabalho retirada do site www.file.org.br







Imersão do Emergindo. O projeto "Imersão do Emergindo" é composto por texto narrado em prosa caótica e animação interativa. Fernanda, nossa personagem, encontra-se em fluxos existências. Ao mergulhar em seu próprio corpo, acredita que se desvincula do universo (macrocosmo); entretanto, a personagem está apenas vivendo intensamente o seu corpo (microcosmo). Quando se dá conta que seu corpo é o Universo, Fernanda se sente plena. Em "Imersão do Emergindo" Fernanda é este movimento paradoxal. Criando suas próprias linhas de força, atualiza ao diferenciar-se e diferencia ao atualizar-se em ciclos existenciais. Este projeto é a criação de um universo virtual de cores, luzes e movimento. Um Mundo encantado! Composto por milésimos de segundos, fluxos e refluxos. Devir Molecular!Relações de movimento e repouso, de velocidade e lentidão. (1) Devir Criança. Um corpo fora do programa, um corpo infantil, involuções criadoras. Nossa proposta utiliza a interface virtual para criar um corpo virtual. O pós-corpo flui ao interagir, atualizando ao diferenciar-se, sendo forçado a criar linhas de diferenciação para atualizar-se. (2) Fluindo pelos ciclos vida-morte-vida, navegamos, no "Imersão do Emergindo", a existência! Conceitos Filosóficos: (1) Deleuze, Gilles e Guattari Felix - Mil Platôs Capitalismo e Esquizofrenia Vol.4 Devir-Intenso, Devir-Animal, Devir-Imperceptível. (2) Deleuze, Gilles , Bergsonismo editora 34ltda "O impulso virtal como movimento de Diferenciação" "...É próprio do virtual existir de tal modo que ela se atualize ao diferenciar-se e que seja forçada a atualizar-se, a criar linhas de diferenciação para atualizar-se"

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Sensação Oi Futuro.2

Ainda estou tendo dificuldades em lidar com o Sketch up. Tentei postar o vídeo que fiz mas não consegui.